A metodologia BIM, um requisito para os engenheiros de hoje

( Chandresh Chudasama) (21 de agosto de 2020)

Metodologia BIM

A metodologia BIM (Building Information Modeling) é, sem dúvida, uma das principais apostas quando se trata de otimizar a gestão e controle de edifícios e das diferentes obras de engenharia.

O setor de Engenharia está intimamente ligado aos avanços tecnológicos e, neste sentido, a profissão está em constante evolução. Na verdade, a inovação relacionada a novas ferramentas, processos, metodologias e software está levando a uma mudança radical na organização e na concepção do projeto.

BIM Outsourcing Services

É uma tecnologia que permite que todos os agentes (engenheiros, arquitetos, fornecedores, etc.) sejam reunidos em um banco de dados colaborativo baseado em um único modelo de informação. Assim, as modificações feitas por qualquer uma das partes são muito mais simples e são transmitidas às demais em tempo real, o que facilita a otimização da eficiência. Ainda assim, você está se perguntando por que seu uso já é uma exigência para profissionais do setor?

7 razões para treinar em Metodologia BIM

Mostramos as principais razões pelas quais todo engenheiro deve ser formado em BIM:

1. Aplicação iminente

A importância do BIM na arquitetura, engenharia, construção e manufatura indústrias; esta transformação significa aumentar a lucratividade na indústria de AEC para melhores edifícios em mais e melhores lugares. Desde 2014, o Parlamento Europeu emitiu uma diretriz para estabelecer a metodologia BIM em projetos de construção de financiamento público nos diferentes estados membros. Por este motivo, o Ministério do Desenvolvimento decidiu criar a Comissão BIM com o objetivo de tornar obrigatória a utilização desta metodologia em todos os concursos públicos.

2 . Promove a capacidade de trabalhar em equipa

A sua implementação cria a possibilidade de colaboração interactiva entre os diferentes profissionais, bem como uma adaptação imediata entre modelo e realidade ou detecção de incompatibilidades dentro do mesmo projeto de Engenharia. Lembre-se de que essa tecnologia combina desenvolvimento, gerenciamento e modelagem no mesmo sistema.

3. Permite a visualização virtual

Visualizar um projeto em tempo real e em três dimensões permite que os engenheiros detectem qualquer tipo de erro antes de realizar fisicamente as ações.

4. Produz vantagens intangíveis em projetos

A receita líquida de taxas é aumentada e sua quantificação fica mais fácil, assim como o impacto dos materiais. Além disso, as informações de cada projeto se tornam mais transparentes e o fato de aumentar a eficiência dos recursos e trabalhar em um novo modelo de risco também reduz erros e litígios e favorece a comunicação bidirecional.

5. Otimize custos

Por outro lado, deve-se destacar que a metodologia não só melhora os fluxos de trabalho, mas também oferece a possibilidade de estimar orçamentos. Portanto, ajustar custos e favorecer a economia antes mesmo da execução do projeto está na ordem do dia para as empresas que trabalham com BIM.

6. Maior competição de empregos

Você aprenderá a lidar com software específico para aplicar BIM (Autodesk Revit, ArchiCAD, Allplan) e programas de cálculo, modeladores, visualizadores ou motores de renderização ao mesmo tempo. E isso, sem dúvida, abre oportunidades no mercado de trabalho de Engenharia, principalmente no que se refere a cargos relacionados ao controle das diferentes fases dos projetos.

7. Dados relativos aos requisitos BIM

De acordo com o último relatório, o investimento proposto por todas as administrações públicas em contratos BIM durante 2018 ascendeu a mais de 581,73 milhões de euros. Destaca-se o investimento em projetos de infraestrutura do BIM, que refletem 50\% do investimento total. Por outro lado, este mesmo documento confirma que as licitações com requisitos BIM promovidas em 2018 pela Administração do Estado ascenderam a 27,24\% do seu valor total acumulado.

Em suma, a metodologia BIM apresenta-se como a presente e o futuro da Engenharia. E você? O que você espera para adquirir novos conhecimentos como profissional e aderir a essa nova metodologia? Não hesite em permanecer na vanguarda da Engenharia!